loader image
Inscrições para Servidores do Altar estão abertas

“Quem não vive para servir, não serve para viver” (Papa Francisco)

A Basílica Santuário de Nazaré abriu inscrições para as crianças e jovens interessados em servir a Deus durante as celebrações de missas, batizados, casamentos e nos restantes dos momentos em que a presença desses servidores é indispensável.

Ao todo são ofertadas 40 vagas, destinadas a crianças e jovens do sexo masculino acima de seis anos de idade, com limite de 18 anos.

As inscrições podem ser realizadas no atendimento do Santuário da Rainha da Amazônia. Um formulário precisará ser preenchido e os pais ou responsáveis deverão estar munidos de uma foto 3×4 do interessado.

Atualmente a Basílica de Nazaré dispõe de 75 Servidores do Altar, atuando tanto no Santuário quanto nas comunidades que integram a Paróquia de Nazaré.

O que faz um Servidor do Altar?

O trabalho que o servidor do altar é parte da grande riqueza e beleza da liturgia da Igreja. A função recebeu diversas mudanças com o tempo, mas sua essência permanece. Conheça um pouco sobre alguns trabalhos feitos por estes jovens e crianças:

  1. A liturgia da Igreja tem várias funções e responsabilidades. Muitos são os cristãos, de todas as idades, que se colocam para ajudar a comunidade a bem celebrar a presença de Cristo. Entre estas funções temos o ministério dos Servidores do Altar. Ministério é serviço. E é um verdadeiro serviço de fé que as crianças e adolescentes oferecem nas celebrações da Igreja, principalmente na liturgia da Missa.
  2. Antes do Concílio Vaticano II, tinham a função de ajudar a responder a missa, e todos os textos eram em latim. O coroinha ajudava o padre a preparar o altar para a celebração, organizando tudo que era necessário para o ato litúrgico. Uma curiosidade: antes do Vaticano II não tinha a pastoral litúrgica e nem equipe de liturgia. O Coroinha batia o sino para avisar a comunidade que estava se aproximando o momento da consagração.
  3. O trabalho do servidor do altar não está restrito às missas. Ele é importante em outras celebrações litúrgicas da Igreja: Batizados, Casamentos, e também em outros momentos oracionais: procissões, novenas.
  4. A importância dos servidores na Igreja, além do serviço ao altar, está também na dimensão vocacional. Muitos meninos que serviram como coroinhas, se encantaram pelo serviço do altar e se tornaram padres.

Patrono dos Servidores do Altar: São Tarcísio

Acólito do papa Xisto II, aos 12 anos de idade São Tarcísio era coroinha na igreja, servindo ao Santo Padre.  O papa Xisto II queria levar o Pão sagrado a mais um grupo de mártires que esperavam a execução, mas não sabia como. Foi quando Tarcísio pediu ao santo papa que o deixasse tentar, pois não entregaria as hóstias a nenhum pagão. Ele tinha doze anos de idade. Comovido, o papa Xisto II abençoou-o e deu-lhe uma caixinha de prata com as hóstias. Mas Tarcísio não conseguiu chegar à cadeia. No caminho, foi identificado e, como se recusou a dizer e entregar o que portava, foi abatido e apedrejado até morrer. Depois de morto, foi revistado e nada acharam do sacramento de Cristo. Seu corpo foi recolhido por um soldado, simpatizante dos cristãos, que o levou às catacumbas, onde foi sepultado.

Fotos: Karol Coelho – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré / Icaro Farias

Texto: Karol Coelho – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré (com informações do portal a12.com)

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This