Jovens leigos: o protagonismo da juventude nas vocações da Igreja

Encerrando a série dedicada ao mês das vocações, as intenções das orações deste último domingo são dedicadas às vocações leigas.

Os leigos e as leigas são fundamentais para que a igreja seja plural, acolhedora e tranquila, capaz de resolver tudo na base do diálogo.  A juventude também é uma vocação. É chamada por Deus para cumprir sua missão na terra.

Sabe-se que ser jovem e cristão nos dias de hoje não é uma tarefa muito fácil, pois vivemos em uma sociedade midiática, cheia de conceitos e definições, sem falar no leque de informações que recebemos a todo instante. A finalidade dessa vocação não é fazer com que a juventude deixe de ser jovem, mas que ela resplandeça e instaure o Reino do Pai por onde for.

Na Paróquia de Nazaré, existe a juventude Zaccariana que tem sua espiritualidade marcada pelo caráter paulino e que é uma grande disseminadora do caráter Zaccariano, fazendo referência a Antônio Maria Zaccaria, fundador da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo, Barnabitas e da Congregação das Irmãs Angélicas, sobre os quais foram falados nas semanas anteriores.

A missão é “estar sempre no primeiro amor”, ou seja, fazer uma contínua renovação do fervor cristão. Além disso, chamar outras pessoas para que possam vivenciar um carisma na fase atual que vivem: a juventude.

Que Santo Antônio Maria Zaccaria e São Paulo intercedam pelas vocações do mundo inteiro. E que o Espírito Santo reavive o amor do Pai Santíssimo no coração destes missionários.

Texto: Jacques Menezes – Ascom Basílica Santuário de Nazaré

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA