Pe. Francisco Maria Silva completa 31 anos de vida missionária

Na mesma data em que a Igreja celebra o dia de São José, 19 de março, o Superior Geral dos Clérigos Regulares de São Paulo, Padre Francisco Maria Chagas Silva completa 31 anos de vida missionária.

Residindo em Roma desde 2006, Padre Silva foi eleito, pela primeira vez, Superior Geral pela primeira vez em 2012, sendo reeleito em 2018.

Paraense nascido no município de Irituia, iniciou sua trajetória como sacerdote atuando como Reitor do Seminário Mãe da Divina Providência, localizado em Benevides (1992–1999). Continuou como Pároco de Nazaré (1999-2003). Foi escolhido para exercer a função de Conselheiro Geral da Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo (2006-2012). Neste mesmo ano, atuou como Assistente Geral da Congregação. Padre Silva foi o primeiro brasileiro a ocupar o cargo de Superior Geral da Ordem dos Padres Barmabitas, onde deve permanecer até 2024.

Segundo o Santo Papa, a atitude do pastor é a de nunca abandonar seu rebanho. Um sacerdote “é chamado a ser um guardião atento e pronto a mudar, de acordo com o que a situação exige; não ser “monolítico”, rígido e engessado numa forma de exercer o ministério que talvez seja boa em si mesma, mas incapaz de captar as mudanças e necessidades da comunidade”, afirmou.

Padre Francisco Maria Silva assim o faz.

A comunidade dos Padres Barnabitas, que administram o Santuário da Rainha da Amazônia, dedicam as orações deste dia, pedindo a intercessão de Santo Antonio Maria Zaccaria e de São José, a este sacerdote que cumpre seu papel de bom Pastor.

 

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This