NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Arquidiocese de Belém do Pará emite a presente Nota de Repúdio acerca da publicação do jornal O Liberal, edição de ontem, 03 de dezembro, na qual a coluna do Repórter 70 imponderadamente cita três situações em que envolvem a Arquidiocese e a Igreja Assembleia de Deus.

No primeiro momento menciona que uma “comunidade católica diretamente envolvida com as ações da Basílica de Nazaré ensaia uma espécie de ‘cisma’ com os integrantes da chamada Igreja Blindados do Senhor”. Em seguida enfatiza “o que se diz é que essa igreja tem usado o nome do arcebispo metropolitano em vão…”. Por fim, fala que “parte da comunidade nazarena vê em ‘Blindados do Senhor’ uma tentativa de descartar a Mãe Santíssima dos ritos religiosos”.

Esclarecemos que não existe qualquer comunidade católica direta ou indiretamente envolvida com a Basílica de Nazaré e o chamado grupo Blindados do Senhor, que é uma Banda da Assembleia de Deus. O que exclui qualquer possibilidade de “cisma” entre as partes. Também é importante citar que expressões utilizadas “o que se diz” e “parte da comunidade nazarena”são totalmente vacantes, sem qualquer consistência.

Tais publicações ferem os princípios da produção jornalística, devido a falta de apuração, quando as lideranças da Basílicas de Nazaré e a Assessoria de Comunicação sequer foram procurados para constatação dos apontamentos.

É importante citar que a relação da Arquidiocese de Belém do Pará com a Assembleia de Deus é de inteiro respeito e estima recíproca. Fato confirmado há anos, sempre que houve convite e a participação de nosso arcebispo na Cantata de Natal.

Portanto, a Arquidiocese de Belém resguarda-se do direito de manifestar a insatisfação com a veiculação sem os devidos cuidados, de forma lamentável e falta de seriedade ao supor possíveis desafetos entre as partes.

Via Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Belém