Pastoral da Catequese de Nazaré realizou Primeira Eucaristia

A celebração marcou o encerramento de mais um ciclo da caminhada cristã de crianças e jovens da Paróquia

A vida na Igreja é marcada por diversas fases, são etapas que aprofundam o conhecimento a cerca dos sacramentos e da importância de estar em harmonia espiritual. Neste sábado (30) cerca de 110 crianças viveram a conclusão de dois anos em preparação para um dos momentos mais importantes da vida cristã: a cerimônia da Primeira Eucaristia. A celebração aconteceu na Basílica Santuário de Nazaré e foi presidida pelo Diretor Espiritual da Pastoral da Catequese, Padre José Maria Ramos.

Durante a homilia Padre Ramos ressaltou a importância do momento, agradeceu os pais por perseverarem junto aos filhos e também o empenho dos catequisandos que conduziram os encontros de preparação: “A formação cristã é a base para o crescimento de cidadãos do bem, cada um que colaborou com a culminância deste momento certamente tem em seu coração alegria e gratidão por ver as sementes do Senhor sendo plantadas em boa terra e germinando”.

A Comunhão com o Senhor

Como todos nós sabemos, a Primeira Comunhão trata-se do momento em que nos aproximamos da ceia do Senhor, recebendo Seu corpo e Seu sangue e permitindo que Jesus habite nosso coração.

No processo de preparação para a Primeira Comunhão a ação do catequista na vida da criança deve ser transformadora. Durante a caminhada na catequese, ela deve sentir-se importante no processo de evangelização, sentir-se amada por Deus e também pelo catequista. Dessa forma, a criança vai absorvendo com mais facilidade o objetivo da catequese.

Às vezes a criança vem para a catequese necessitando de carinho, de atenção, de alguém que esteja disposto a escutá-la e a orientá-la sobre alguma dificuldade ou algum problema. E devemos estar de braços e coração abertos para recebê-las, pois, como disse Jesus: “Deixai as crianças e não as proibais de vir a Mim, porque delas é o Reino dos Céus” (cf. Mt 19,14).

Durante a catequese a criança vai conhecendo e se aprofundando na experiência cristã e, principalmente na vivência comunitária, ela vai descobrindo o que significa a comunhão.

A catequese de Primeira Comunhão é fundamental para a formação religiosa da criança, pois, se ela for bem trabalhada desde as bases (familiar, escolar, comunitária), no futuro poderemos evitar uma série de problemas sociais. Afastaremos a criança do mundo das drogas, das más companhias, e estaremos auxiliando na formação de um bom cristão e também de um bom cidadão.

Texto e fotos: Aline Andrade (com informações do site soucatequista.com.br)