Comunidade Nossa Senhora das Graças

Endereço: Avenida Conselheiro Furtado, nº 2797
Data de Fundação: 1948

Casais Coordenadores:
Ramiro e Alina: (91) 98888-3640 / (91) 988410640
Alzinei e Damira: (91) 998241564 / (91) 988170478
Rui e Bernadete: (91) 981474645 / (91) 981122649
Elias e Sandra: (91) 988790108 / (91) 988478297
Luís e Silvana: (91) 983575963 / (91) 98321-2500

E-mail: comsragraca@gmail.com

Histórico

Foto: Fabrício Coleny

Fundada em 1948 pelo saudoso Barnabita, Padre Luciano Brambilla, a Comunidade Nossa Senhora das Graças nasceu da forte devoção que se formou quando, no local onde hoje a Capela é localizada, existia uma casa humilde em que a proprietária tinha um quadro com a imagem de Nossa Senhora das Graças, e dos olhos dessa imagem saíram lágrimas. A cena foi presenciada por vários vizinhos e se espalhou por toda cidade.

Localizada na Av. Conselheiro Furtado, n° 2797, a Comunidade tem a participação ativa de cerca de 200 integrantes e atualmente conta com a Pastoral da Sopa, Pastoral da Liturgia, Terço dos Homens, Pastoral do Dízimo, e Comitium Legião de Maria.

 

Encontros

Foto: Fabrício Coleny

Segunda-feira – 18h: Reunião da Legião de Maria

Terça-feira – 18h: Novena Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Quinta-feira – 18h: Terço dos Homens

Primeira sexta-feira de cada mês – 17h: Adoração ao Santíssimo Sacramento (Legião de Maria)

Sábado – 9h: Distribuição do Sopão Comunitário

18h – Santa Missa

Todo dia 27 de cada mês – 18h: Tríduo e oração do Terço de Nossa Senhora das Graças

 

Foto: Fabrício Coleny

Sobre a Padroeira da Comunidade:

Um dos mais valiosos presentes da Santíssima Virgem para a humanidade foi dado no dia 27 de novembro de 1830, por meio de Santa Catarina Labouré, humilde freira da Congregação das Filhas da Caridade, em Paris, na Capela da Medalha Milagrosa. A Virgem apareceu sobre um Globo, pisando a cabeça da Serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o a Deus, num gesto de súplica. Disse a Santa Catarina: “Este globo representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”. De repente, o globo desapareceu e suas mãos se estenderam suavemente, derramando sobre o globo brilhantes raios de luz. E Santa Catarina ouviu uma voz que lhe dizia: “Fazei cunhar uma medalha conforme este modelo. Todos os que a usarem, trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças. Estas serão abundantes para aqueles que a usarem com confiança.”.