loader image
A devoção popular: um tesouro precioso – Por Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves

A pouco menos de 100 dias para o Círio de Nazaré, leia a mensagem escrita pelo Padre Barnabita Luiz Carlos Nunes Gonçalves, Reitor da Basílica Santuário e Presidente da Diretoria da Festa de Nazaré que escreveu especialmente em preparação para o Círio deste ano:

No Documento de Aparecida, Papa Francisco destacou a “rica e profunda religiosidade popular, na qual aparece a alma dos povos latino-americanos” e a classificou com “O precioso tesouro da Igreja Católica na América Latina” (DI 1).

O Documento elenca várias expressões da religiosidade popular, entre as quais cita as procissões, peregrinações e as promessas. E justamente aqui se encaixa o Círio de Nossa Senhora de Nazaré. E no referir-se a Maria diz textualmente: “A Virgem de Nazaré teve uma missão única na história da salvação, concebendo, educando e acompanhando seu Filho até seu sacrifício definitivo. Do alto da cruz, Jesus Cristo confiou a seus discípulos, representados por João, o dom da maternidade de Maria, que brota diretamente da hora pascal de Cristo: ‘E desse momento em diante, o discípulo a recebeu em sua casa’ (Jo 19,27). Perseverando junto aos apóstolos à Espera do Espírito (cf. At 1,13-14), ela cooperou com o nascimento da Igreja missionária, imprimindo-lhe um selo mariano que a identifica profundamente. Como mãe de tantos, fortalece os vínculos fraternos entre todos, estimula a reconciliação e o perdão e ajuda os discípulos de Jesus Cristo a se experimentarem como família, a família de Deus. Em Maria, encontramo-nos com Cristo, com o Pai e com o Espírito Santo, e da mesma forma com os irmãos”.

Preparemos os nossos corações para vivenciarmos mais um Círio refletindo sobre o seu significado para a nossa caminhada e crescimento na fé.

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This