Carta aos Associados da ADENAZA – Por Padre Francisco Maria Cavalcante, CRSP

Aos Devotos de Nossa Senhora de Nazaré do Desterro

Graça e paz!

Outubro chegou, e com ele, Belém abre as portas de seu coração para vivenciar o Círio 229°.

Sente-se um clima diferente na cidade: as peregrinações, o cheiro das comidas típicas, os peregrinos, os adornos marianos nas casas, ruas e praças. Tudo isso provoca uma explosão de sentimentos em nossos corações, revitaliza nossa fé, restaura nossas relações, infunde em nós a esperança. Celebrar a festa da Mãe de Nazaré é o momento oportuno para aprender, com Maria, como dar espeço para Deus em nossas vidas.

É Círio, isso provoca no coração de todos uma renovação mística. Quando os devotos percebem que outubro está chegando, os ânimos mudam, as pessoas demonstram mais empatia, ficam mais emotivas, nosso pensamento se volta com mais intensidade à Senhora de Nazaré, os devotos passam a vir com mais frequência à casa da Mãe do céu. Tudo isso mexe com a Grande Belém. Porém toda essa revolução externa, antes, aconteceu espiritualmente em nossos corações.

A força do Círio de Nazaré é expressão do fato que Maria soube encarnar em sua vida a palavra de Deus. Ela como mãe, educadora, pedagoga das coisas da vida e da fé, de uma forma muito peculiar, atrai a atenção de muitos: crentes ou distantes. Isto é, amor de mãe congrega, amor de mãe nos educa.

O Círio de 2021 não é só sinal de esperança, é também sinal de gratidão, ousadia, determinação. O povo de Deus demonstrou tudo isso de forma natural.

Anelo que a celebração do Círio 2021 traga a todos muitas bênçãos. Com esse sentimento,  em nome da Ordem Religiosa dos Clérigos Regulares de São Paulo, desejo-lhes um feliz Círio.

Viva Nossa Senhora de Nazaré!

Att. Pe. Cavalcante

 

Foto: Custodio Fotografia

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA