loader image
Círio 2018: Pastoral da Acolhida da Paróquia de Nazaré inicia cadastramento para voluntários nesta sexta, 01

A Pastoral da Acolhida é a expressão da solidariedade no Círio

Acolher, independente da cor, da raça, do estado físico e psicológico. Acolher através do elo com Círio, pelo amor a Nossa Senhora de Nazaré. Esse é o trabalho desenvolvido pela Pastoral da Acolhida da Paróquia de Nazaré, que há mais de 15 anos atua amparando romeiros e peregrinos que vem todas as regiões do Brasil participar da maior manifestação de fé católica do mundo. Nesta sexta-feira, dia 01 de junho, a Pastoral inicia as inscrições de voluntários que queiram ajudar nessa missão de acolher os mais de 52 mil romeiros e visitantes. Os cadastros podem ser realizados até o dia 30 de junho de segunda a sexta das 16h às 20h e aos sábados das 14h às 19h, no Centro Social de Nazaré, na sala da Pastoral.

No ato da inscrição o voluntário deverá levar um quilo de alimento não perecível. É necessário ser maior de 18 anos e estar em boas condições de saúde, apresentar RG, CPF e comprovante de endereço. Os voluntários das áreas de saúde deverão obrigatoriamente apresentar cópia da carteira do seu respectivo Conselho Profissional. Para os interessados que não residirem na Região Metropolitana de Belém, as inscrições podem ser feitas pelo e-mail: [email protected].

Os voluntários serão alocados nas equipes do lava-pés, acolhimento, cozinha, atendimento, saúde, massagem, liturgia, limpeza, apoio aos voluntários e almoxarifado.

Casa de Plácido – Um dos lugares que mais expressam o trabalho do acolhimento é a Casa de Plácido, no Centro Social de Nazaré. Inaugurada em maio de 2009, a estrutura do espaço foi especialmente idealizada pelo então Reitor da Basílica Santuário de Nazaré, Padre José Ramos das Mercês para proporcionar conforto aos devotos de Nossa Senhora de Nazaré. O espaço conta com mil metros quadrados, banheiros, refeitório, salão de repouso, ambulatório e uma exposição permanente chamada de “Salão dos Milagres”. A construção só foi erguida graças à fé e a doação de centenas de fieis. O nome foi uma homenagem ao paraense Plácido José de Souza, que em 1700 encontrou a Imagem Original e deu início a toda a devoção à Senhora de Nazaré.

Texto: Andreia Teixeira
Fotos: Andreia Teixeira e Fabrício Coleny – ASCOM/Marketing Basílica Santuário de Nazaré

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This