Diretoria do Círio inicia reparos nos carros de promessas

Os 14 carros, além da Berlinda, participam da grande procissão do dia 9 de outubro, conduzidos por estudantes e catequese.

A Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) começa a partir do dia 15 de junho a manutenção dos carros da Trasladação, grande procissão do domingo do Círio e da Romaria das Crianças. Os 14 carros vão ter as estruturas reparadas, receber retoques na pintura, além de uma revisão geral. O serviço deve ser concluído em até 30 dias e é importante devido a quantidade de ex-votos (objetos de cera) que recebem durante as procissões. As berlindas do traslado da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré de Belém para Ananindeua e da Romaria Rodoviária também vão sofrer reparos. “A Berlinda do Círio, que leva a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, tem uma manutenção específica, portanto, apenas em agosto vamos fazer esses reparos, que consistem em limpeza e avaliação estrutural mais detalhada”, ressalta Antônio Sousa, diretor de procissões da DFN.

Os reparos são importantes também visto que alguns carros possuem mais de 50 anos, e são realizados todos os anos. “Inclusive nesses dois anos sem procissões também fizemos a manutenção, pois alguns carros ficaram em exposição em diversos locais da cidade. E este ano será a primeira vez que o Carro da Saúde participará das procissões, já que ele foi inserido no conjunto dos carros ano passado, em homenagem aos profissionais da área da saúde que trabalharam na pandemia”, avalia o diretor.

Integram o conjunto de carros do Círio de Nazaré, além da Berlinda: Carro de Plácido, Barca da Guarda Mirim, Barca Nova, Cesto de Promessas, Barca com Velas, Barca Portuguesa, Barca com Remos, Carro Dom Fuas, Carro da Sagrada Família e Carro da Saúde, além de quatro Carros dos Anjos, que são conduzidos pela Catequese da Basílica Santuário de Nazaré.

Um pouco da história– O primeiro carro de promessa a ser inserido no Círio lembra o milagre acontecido em 1182 com Dom Fuas Roupinho, fidalgo português, que esteve prestes a despencar num abismo com seu cavalo. Ele recorreu a Nossa Senhora de Nazaré e foi salvo. E foi a Rainha de Portugal, Dona Maria I, que ordenou a inserção deste carro na grande procissão, em 1805.

Informações

Carro de Plácido:

Em 2000, o Carro do Caboclo Plácido foi doado pela Prefeitura de Ananindeua, com projeto e execução do Arquiteto e Artista Plástico Fernando Pessoa. Coordenador – Augusto Vasconcelos.

Dimensões: Altura – tem mais de 4,00 m;

Comprimento – 6,00 m (cambão – 2,00 m)

Largura – 3,20 m

Carro dos Milagres:

Dom Fuas Roupinho / Brigue São João Batista

Em 1803, o presidente da Província, o Conde dos Arcos, Dom Marcos Antônio de Brito, introduziu o Carro dos Milagres de D. Fuas Roupinho, atendendo a um pedido da Rainha de Portugal, Dona Maria I.

Dimensões: Altura – 2,60m; Comprimento – 7,05m (cambão – 1,75m);

Barca com velas

Em 1982, a Barca de Vela foi doada por Chico Fonseca (JONASA), que também foi Diretor da Festa.

Dimensões: Altura – 1,05m; Comprimento – 6,05m (cambão 1,85 m);

Largura – 2,50m

Carro da Sagrada Família:

Por ser o Círio uma festa que além de evangelizar, remete o encontro das famílias. Por este motivo foi definido pelo Pároco de Nazaré, Padre Giovanni Incampo, em 2017, a inclusão na procissão do carro que representa a Sagrada Família de Nazaré (Jesus, Maria e José).

Carro da Saúde:

Nas laterais do carro as gravuras com a seguinte frase: Antônio Maria Zaccaria médico, padre e santo. A imagem segura com a mão direita uma cruz, simbolizando a religiosidade do Círio, e na esquerda leva a imagem branca de Maria de Nazaré, que ficou conhecida em 2020 como Nossa Senhora de Nazaré da Saúde, depois da distribuição pela DFN para cerca de 40 hospitais de Belém. Na representação, o santo abençoa os profissionais da saúde.

Fotos: Ascom Basílica Santuário de Nazaré

Texto: Rosana Pinto – Ascom DFN