Em Nazaré: Inscrições para Retiro Zaccariano estão abertas até o dia 17 de janeiro

Estão abertas as inscrições para a segunda edição do retiro espiritual “Trilha com Jesus”, que acontecerá nos dias 21,22 e 23 de janeiro, no Seminário Mãe da Divina Providência, em Benevides. O cadastro pode ser feito na Sacristia da Basílica Santuário de Nazaré, as segundas e sextas-feiras, das 18h às 19h, e as quartas-feiras, das 18h às 21h.

No ato da inscrição, os interessados, que deverão ter entre 18 e 25 anos, precisam estar munidos dos seguintes documentos: documento de identificação com foto e comprovante de vacinação contra a COVID-19 (duas doses). O cadastro custa R$60, que subsidiará no transporte, o alojamento e todas as refeições feitas durante o evento.

Com o tema “Anunciamos o Cristo Crucificado”, os jovens participarão de várias atividades dedicadas à imersão espiritual em prol de um encontro pessoal com Jesus por meio de carisma Zaccariano.

O encontro é promovido pelos Padres Barnabitas e objetiva formar novos jovens cristãos para que encontrem suas vocações missionárias, além de atentarem-se aos sentimentos e permitirem-se à introspecção e reclusão para identificarem suas inquietações.

Como chegar?

21/01

18h: Saída da Basílica Santuário para o Seminário Mãe da Divina Providência, em Benevides.

23/01

16h: Saída do Seminário Mãe da Divina Providência rumo à Basílica Santuário de Nazaré.

Para mais informações, entre em contato: 91 98897-1039

Quem pode fazer um retiro espiritual? 

A busca pela evolução da vida espiritual ilumina e guia os cristãos para que consigam caminhar mesmo diante as dificuldades da vida comum. Existem períodos onde é necessário ouvir os sinais do corpo e da alma. Por isso: Parar, olhar, refletir, decidir e agir, é preciso.  Mas, como fazê-lo? Confira o passo-a-passo:

1) Ter ou buscar um local de silêncio. Você precisa se concentrar, examinar seu interior; não dá para fazer isso com eficiência se está no barulho, na agitação do dia a dia. Para que haja um bom retiro, “cala-te”, permita-se perceber a si mesmo, permita-se escutar a Deus.

2) Ter um texto para meditação. Se você tem um(a) acompanhador(a) espiritual, diante daquilo que ele(a) conversou com você, pode lhe dar um texto bíblico ou um escrito de um santo para você meditar – normalmente, o texto possui algumas perguntas que vão ajudá-lo a viver o retiro. Caso você não tenha um(a) acompanhador(a) espiritual, não tem problema, pense em qual é, hoje, a sua principal necessidade. Por exemplo: “Hoje, tenho medo do futuro, de faltar-me emprego e, consequentemente, faltar dinheiro e passar por necessidades”. Talvez, seja interessante ler o Evangelho de Mateus capítulo 6 de 25 até 34, onde Jesus fala sobre o abandono à providência. Dentro dessa temática é possível ler o Salmo 22(23), “O Senhor é o meu Pastor”.

3) Olhar para dentro de si. A meditação, seu contato com Jesus após a leitura, deve ajudá-lo a olhar para dentro de si, fazer uma leitura de sua caminhada e identificar os pontos que precisam ser melhorados, onde a cura de Deus precisa chegar.

4) Rezar. Retirou-se, meditou, olhou para dentro de si? Agora reze. Fale com Deus sobre as descobertas que fez, peça a cura, a direção, peça a força do Alto para não desanimar.

5) Comprometer-se e criar metas. Ainda na oração, finalize-a agradecendo a Deus pelo tempo de silêncio, de contato com Ele, agradeça as descobertas feitas e faça um compromisso de melhorar. Se for o caso, e isso ajuda, anote quais serão suas metas dali em diante.

Texto: Yêda Sousa – Ascom Basílica Santuário de Nazaré

Com informações: Canção Nova

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA