Médico do corpo e da alma: 124 anos de canonização de Santo Antonio Maria Zaccaria

A comunidade dos Padres Barnabitas celebra nesta quinta-feira (27) o 124° aniversário de canonização de Santo Antonio Maria Zaccaria, fundador da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo, das Irmãs Angélicas e dos Casais de São Paulo.

A vida deste jovem sacerdote foi marcada por inúmeros fatos históricos que relembram a sua obra profética de renovação da Igreja. Foi um missionário apaixonado por Jesus Eucarístico e pela Virgem Maria.

Nascido em Cremona, Itália no fim de 1502, era filho único e pertencia à uma família rica. Seu pai faleceu quando ele tinha, apenas, 2 anos de idade. Ainda menino começou a ser reconhecido por sua inteligência, mas, sobretudo por sua caridade e humildade. A profissão escolhida justificava o amor  pelas pessoas humildes.  Usava a sua vocação profissional  para curar as doenças do corpo àqueles que precisavam.  para distribuir-lhe Distribuía, também, os remédios da alma, o conforto, a esperança, a paz com Deus, era a sua missão.

Em 1528, abandonou a medicina e foi ordenado sacerdote. Desde então, a sua vida foi dedicada a missão evangelizadora de propagar a Palavra de Deus aos irmãos necessitados.

Morreu aos 37 anos, em 5 de julho de 1539, assistido por sua mãe, que aceitara vida de solidão para não pôr obstáculos à vocação do filho. Foi canonizado em 1897 pelo Papa Leão XIII.

 

Viva Santo Antônio Maria Zaccaria!

 

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA