loader image
Os 95 anos do título Basilical

Ainda em fase de construção o esplendoroso templo dedicado à Nossa Senhora de Nazaré recebeu da Santa Sé o título de Basílica, em 19 de julho de 1923

A honraria foi concedida pelo Papa Pio XI, justificado, de acordo com o decreto expedido em Roma, por sua importância enquanto local dedicado a propagar a fé no Evangelho e a devoção mariana na Amazônia. Foi a terceira Basílica Menor erguida no Brasil. Este ano, a Casa da Rainha completa 95 anos o recebimento do título basilical.

O documento papal assim narra: “Pela imponência da construção, pelo esplendor das obras de arte, pelo brilhantismo do culto, pela frequência e devoção dos fiéis, pode, com justiça e direito, ser enumerada entre os principais santuários consagrados, em terra brasileira, à Bem Aventurada Virgem Maria”. E mais à frente: “Para maior glória de Deus, em honra da Mãe de Deus, Virgem de Nazaré, como também para incremento da piedade, de nossa Apostólica autoridade, pelas presentes e para sempre, confiamos o título e a dignidade de Basílica”.

As Basílicas menores recebem o título ou da tradição aprovada em Roma, ou de um decreto da Santa Sé. Entre os privilégios do título está a precedência entre as demais igrejas, exceto à Catedral.

Saiba mais:

  • O Papa é o único que possui autoridade para conceder o título de “Basílica” a um templo.
  • Só existem quatro Basílicas com o título de “basílica maior”, todas elas situadas na cidade de Roma: São Pedro, São João de Latrão, Santa Maria a Maior e São Paulo Extramuros.
  • As demais Basílicas assumem o título de “Basílica menor”, existem cerca de 1.500 ao redor do mundo.

 

Texto: Aline Andrade
Fotos: Fabrício Coleny
ASCOM Basílica Santuário de Nazaré

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This