Quarta-feira, 13ª semana TC: Reflexão do Evangelho

Reflexão do Evangelho – Mateus 8,28-34

A universalidade do reino de Cristo Jesus

Por Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

O exorcismo em território pagão, com a cura do servo do centurião (8,13), é mais um sinal da universalidade do reino. Quem o realiza é Aquele que manifestou a sua condição divina ao silenciar o vento e ao amainar o mar. A narrativa catequética do episódio tem, como destinatária, uma comunidade de origem judaica. Os pagãos estão mais preocupados com a perda dos porcos do que com o Reino dos Céus que Jesus quer anunciar. Os pagãos não conseguiram reconhecer a preciosa graça que Jesus estava lhes levando, qual o da libertação do Maligno. Pela narrativa paralela de Mc 5, vemos, todavia, que o endemoninhado exorcizado recebe de Jesus a missão de anunciar, entre os seus, o Reino de Deus, procurando levar ao conhecimento de todos o que lhe aconteceu.

Dessa forma, vemos que Jesus é como o ingrediente que fermenta toda a massa. O Reino de Deus não vem com ostentação. Ele está no meio de nós, sempre mais, prevalecendo sobre o Mal.

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).