Quinta-feira, 13ª semana TC: Reflexão do Evangelho

Reflexão do Evangelho – Mateus 9,1-8

Condição divina de Jesus

Por Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

O perdão dos pecados, concedido ao paralítico, sinaliza de forma irrefutável a condição divina de Jesus, que se apresenta atribuindo a si o título divino-messiânico de Filho do Homem. A atitude dos escribas, que consideram Jesus como sendo um blasfemo, comprova aquilo que Jesus está dizendo de si: Eu sou pessoa divina que se manifesta, “aqui na terra”, em condição humana. O sinal que comprova a veracidade das suas palavras é a cura que realiza.

A condição do paralítico é, ao mesmo tempo, a maneira pela qual a catequese apostólica quer apresentar a nossa condição espiritual. Nós somos o paralítico e, ao mesmo tempo, o leproso lembrado em Mt 8,1-4. Quando, pois, recordamos, também, que Jesus expulsava os demônios, declarando que o fazia no poder do Espírito, de modo a estabelecer o Reino de Deus (Mt 12,28), devemos proclamar com Paulo: “Deus Pai nos livrou do poder das trevas, transferindo-nos para o reino do seu Filho, em quem temos a redenção, o perdão dos pecados (Cl 1,13).

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).