Quinta-feira, 6ª Semana da Páscoa: Reflexão do Evangelho

Reflexão do Evangelho – João 16,16-20

A vida da Igreja

Por Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

Jesus fala por enigmas e em figuras. O pouco tempo se refere ao intervalo entre não ver mais e voltar a ver. Por si, diz respeito ao tempo da Paixão, seguido pela aparição no Cenáculo: a tristeza se transforma em alegria. Mas aquele pouco tempo é figura de uma situação da Igreja que está no mundo. Enquanto o mundo se alegra, a Igreja vive invocando o Senhor, quase desfalece, pelas poucas forças, na perseguição (Apocalipse 3,8).

À sua Igreja, Jesus garante a alegria que nunca mais lhe será tirada. Árduo é para a Igreja viver no mundo sem ser do mundo. Mas é nos valores que Jesus anuncia que ela deve confiar: a morada,  a Pessoa divina do Senhor, o Espírito da Verdade, a comunhão de vida com a Ssma. Trindade, a Eucaristia, memorial da vitória de Jesus sobre o Mal, celebrada à luz das Escrituras, sob a iluminação do Espírito Santo.

 

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).