Reflexão Quaresmal – Quinta-feira – 07 de Abril

Quinta-feira, 5ª semana da Quaresma

 

João 8,51-59       Jesus é a Revelação do Deus de Abraão

 

Estamos diante do pronunciamento final de Jesus que argumentou sobre a sua condição divina desde o momento em que declarou ser o “Eu sou”, Luz da vida para todos os que lhe derem a sua adesão de fé (8,12). Eles serão iluminados pela Verdade que os preservará da escravidão do Mal (v.32) até a vida eterna. Ele já não alterca mais como os seus adversários.

Ele está caminhando para uma glorificação definitiva que o Pai lhe concederá, o mesmo que os escribas e fariseus dizem “ser o seu Deus”, que, todavia, não conhecem, enquanto ele o conhece. Um com o Pai segundo a Verdade e a Vida ele é o “Eu sou”, o Deus de Abraão, de Isaac e de Jacó, que existe desde sempre.

Os escribas e fariseus, filhos daqueles que já mataram os profetas, jamais o verão até que digam: “Bendito aquele que vem em nome do Senhor!” (Mateus 23,39).  Abraão viu o seu Dia porque acreditou.

Texto: Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA