Reflexão Quaresmal – Terça-feira – 29 de Março

Terça-feira, 4ª semana da Quaresma

 

João 5,1-16         A condição divina de Jesus

 

Na primeira metade da Quaresma, nos foi apresentada a pessoa de Jesus particularmente na sua condição messiânica, sobretudo acentuada a sua condição de “Filho do Homem” que deve subir a Jerusalém para realizar o Desígnio do Pai.

Na segunda metade da Quaresma, somos chamados a eviscerar a condição divina através dos aspectos que dela Jesus nos apresenta, por meio dos seus gestos e dos seus ensinamentos. Com a cura do paralítico da piscina, convidado por Jesus a não pecar mais, para que não lhe aconteça algo pior, estamos diante do tema que será desenvolvido.

Jesus proclama a sua condição divina através de um gesto que indica a sua condição de Senhor do Sábado, enquanto se apresenta na condição de um filho de homem. É dele que jorra a água da vida que borbulha até a vida eterna, que o homem, em vão, procura alcançar ao longo da sua existência.

A vontade homicida dos escribas e dos notáveis do povo explica o embate mortal que Jesus, por vontade do Pai, será chamado a enfrentar.

Texto: Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA