São Paulo Apóstolo, rogai por nós!

A Igreja celebra neste sábado, dia 25, a Conversão de São Paulo. A data representa não só o momento em que Paulo de Tarso deixou de perseguir o Cristianismo para se tornar um seguidor de Jesus. O apóstolo dos gentios e das nações nasceu em Tarso. Da tribo de Benjamim, era judeu de nação. Tarso era mais do que uma colônia de Roma, era um município. Logo, ele recebeu também o título de cidadão romano. O seu pai pertencia à seita dos fariseus.

Foi neste ambiente, em meio a tantos títulos e adversidades. A Conversão do apóstolo nos mostra que é possível mudar de vida por meio da fé cristã.  Por isso, deve ser vista como exemplo para nós, cristãos. 

Antes de sua Conversão, Paulo, então conhecido como Saulo, era um fariseu “defensor da lei” e um ferrenho perseguidor dos cristãos. De acordo com o livro Atos dos Apóstolos, ele estava saindo de Jerusalém a caminho de Damasco para prender os seguidores de Jesus. A viagem é interrompida quando Paulo vê uma luz ofuscante e, então, se comunica diretamente com uma voz divina. A partir de então, ele fica cego.

Diante dessa trajetória tão bonita, repleta de mudanças, o religioso enfatiza que devemos nos espelhar na história de São Paulo para experimentarmos uma nova vida. “Ele é a prova de que nada está perdido. De terrível perseguidor do Cristianismo a um homem santo e comprometido com a Palavra do Senhor. Tudo isso só foi possível a partir do seu encontro com Jesus. Essa é a grande lição que ele nos deixa”, finaliza o sacerdote.

Sua primeira pregação foi feita em Damasco. Muitos não acreditaram em sua mudança, mas ele perseverou e se abriu à vontade de Deus, por isso, se tornou um grande apóstolo da Igreja, modelo de todos os cristãos.

São Paulo, rogai por nós!

Com informações: Divino Pai Eterno

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA