Segunda-feira, 2° Semana da Páscoa: Reflexão do Evangelho

Reflexão do Evangelho – Marcos 16,15-20

“Todo poder me foi dado”

Por Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

Realizada a redenção, glorificado, Jesus anuncia qual será a missão da sua Igreja: realizará, no poder que a ele o Pai concedeu, a partir do anúncio da sua Palavra, a conversão e administrará o perdão dos pecados a partir do Batismo, mantido o privilégio de Israel de usufruir por primeiro da sua ação salvadora. Os Apóstolos, em virtude do testemunho que terão de dar de Cristo Senhor, o Ressuscitado, foram constituídos alicerce da Igreja (Ef 2,20). A força da igreja dar-se-á pela ação do Espírito Santo, que Jesus mediará do Pai.

A Ascensão vem a caracterizar a condição nova de Jesus “constituído com poder Senhor da Igreja, em Espírito de santidade, pela sua ressurreição dos mortos” (Rm 4,4). Motivada por esta condição de Jesus,  a igreja vive a sua missão na perseverança, não obstante as tribulações das perseguições, porque são exatamente elas que lhe permitem experimentar a alegria de Cristo na sua Paixão, segundo a virtude da constância que faz neles desabrochar uma esperança indefectível.

 

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA