Segunda-feira, Oitava da Páscoa: Reflexão do Evangelho

Mateus 28,8-15

“Não tenhais medo, Eu venci o mundo”!

Por Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

As aparições do Senhor ressuscitado são concedidas, indistintamente, aos simples fiéis e àqueles que Deus determinou que fossem testemunhas autorizadas da realidade nova, alcançada pela pessoa divina do Filho do Homem, que a profetizara como condição da realização do Plano sapientíssimo de Deus, em vista da santificação do homem pela ação do Espírito Santo (Atos dos Apóstolos 10,37-43).

Os sumos sacerdotes e os anciãos, que recusando a evidência da verdade, na sua sanha homicida, levaram Jesus à morte na cruz, não obstante todos os sinais por ele realizados como prova da sua messianidade, não terão mais condições de perpetuar a sua religião, reduzida a meros preceitos humanos, como o prova o ridículo da tentativa de esconder a realidade divina com a mentira. O “Eu sou” reconstruiu o verdadeiro templo de Deus, ressuscitando no “terceiro dia”. Eles já não conseguirão mais atingir Aquele que voltou para estar para sempre com os seus (João 14,19).

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA