Segunda-feira Santa: Jesus é o Senhor da Vida

João 12,1-11

A linguagem é metafórica. Pela simbologia numérica, João nos diz que Jesus ainda está agindo, enquanto lembra a ressurreição de Lázaro, como um sinal para entendermos o que ele acabará realizando, na condição de ressuscitado. Ele se proclamou “Luz do mundo”, sugerindo-nos segui-lo enquanto nos dá as condições de não andarmos nas trevas.

O gesto de Maria, como lembra o próprio Jesus, está relacionado à sua morte. Por tudo isso, a ressurreição de Lázaro que acontecera em virtude do “Eu sou”, interpretação profética do gesto de Maria e anúncio da sua morte, sabemos que Jesus está cumprindo a vontade de Deus, como, de fato, acabará nos revelando com a súplica, repetida três vezes, no horto das Oliveiras: “Pai, se é possível, passe de mim este cálice, porém, não a minha, mas a tua vontade seja feita” (Mateus 26,42).

Texto: Padre Ferdinando Maria Capra, CRSP

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA