loader image

O Grupo Mães que Oram pelos Filhos tem cumprido sua missão de capacitar um exército materno para promover a atividade apostólica e se colocar em batalha espiritual para salvação e restauração das famílias. Na Paróquia de Nazaré, o grupo foi fundado no dia 30 de maio de 2017 e tem como Diretor Espiritual Padre Giovanni M. Incampo. Este é um dos grupos que integram a Dimensão Familiar de Nazaré.

Inicialmente, o objetivo era buscar ajuda e orientação para a educação religiosa dos filhos diante do contexto atual e aprender a orar e interceder por eles. Entretanto, com o amadurecimento da fé, a evangelização de forma simples e direta se tornaram fortes na vida das onze mães que integram a equipe, por meio dos serviços dedicados àqueles que precisam de oração. As esquipes são divididas da seguinte forma:

– Filhos Prediletos,

– Súplica,

– Formação e Espiritualidade,

– Música,

– Mídia,

– Infantil/Juvenil,

– Vendas/Eventos

– Biblioteca

– Hospital

– Cárcere,

– Acolhida.

Desta forma, as Mães que Oram pelos Filhos têm atingido seus objetivos de interceder em favor dos filhos e formar mães para serem intercessoras que estarão a serviço, segundo o coração de Deus, para salvar as almas dos seus filhos e os do mundo inteiro.

Confira os horários dos encontros semanais:

– Todas as quintas-feiras às 19h30

– Encontros no Centro Arquitetônico de Nazaré

– Encontros na Comunidade Santa Bernadette.

– Momentos Marianos na Praça Santuário aos sábados:

– 1º sábado: Rosário

– 3º sábado: Ofício de Nossa Senhora

– 4º sábado: Cenáculo do Amor

Carisma

O “Restaurar as Famílias através do poder da Oração de intercessão”, explica-se pela pedagogia de Deus de trazer as mães para rezarem para os seus filhos e que teve como primeiro fruto a própria mãe que foi a primeira a ser evangelizada e restaurada. Depois passaram a anunciar a Boa Nova no seu lar e com isso os maridos e filhos voltaram para a igreja.

Padroeira e Devoção

A relação de Nossa Senhora de La Salette com o movimento de Mães Que Oram Pelos Filhos nasceu em uma viagem que Angela Abdo, fundadora do Movimento Mães que Oram pelos Filhos (Nacional), fez para o Rio Grande do Sul. Em visita ao Santuário de Nossa Senhora de La Salette começou a chorar muito, as lágrimas caiam em seu rosto, quando um padre se aproximou, ela perguntou que Santa era aquela, o padre do Santuário respondeu: “Ela é mais que uma Santa, Ela é Nossa Senhora de La Salette, que tinha aparecido para chorar pelos pecados dos filhos”. Angela retornou para sua casa, trazendo de lembrança uma imagem de Nossa Senhora que foi colocada no Grupo de Mães da Mata da Praia. Na lembrança, Angela relata o episódio de sua viagem ao Rio Grande do Sul e imediatamente Padre Anderson (Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo) confirma toda essa ação do Espírito Santo. A padroeira ficou Nossa Senhora de La Salette, a mãe que chora por todos os filhos.