Terça-feira, 16ª semana do Tempo Comum

 

Reflexão do Evangelho – Mateus 12, 46-50

Esta perícope aponta para aquilo que Jesus mais espera dos seus discípulos: que vivam o seu seguimento preocupados em dar prioridade à escuta da Palavra que transmite a mensagem de Deus, porque é a Verdade que motiva a viver segundo a sua vontade, enquanto cria as condições que nos preservam na liberdade dos filhos de Deus (Jo 8,31-32).  O elogio que Jesus fez de Maria, irmã de Marta, é particularmente ilustrativo: “Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada” (Lc 10,42). A resposta que Maria Santíssima dá ao anjo no momento da Anunciação explica como a perícope de hoje pode ser interpretada como um elogio que Jesus faz da sua Mãe que, então, mostrou estar pronta em cumprir a vontade de Deus, na condição de “humilde serva” (1,38.48).

 

Padre Ferdinando Maria Capra pertence à Ordem dos Clérigos de São Paulo (Barnabitas) e serve no Rio de Janeiro (RJ).