Via Sacra na Basílica Santuário de Nazaré

Via Sacra é originária do latim e vem da palavra via-crúcis, que traduzindo significa “caminho da cruz”, sinônimo de calvário, martírio e tormento. Ele representa a caminhada de Jesus Cristo carregando a cruz e o sofrimento do Filho de Deus horas antes de sua sentença e morte.

Registro feito antes da pandemia, em 2019

A Via Sacra é realizada para lembrar o sofrimento do Senhor durante sua missão de redenção, quando Ele morreu para salvar toda a humanidade de seus pecados, além de ser uma prática que remonta às Cruzadas, expedições em que, entre os séculos XI e XIII, os fiéis colocavam-se em penitência, percorrendo lugares sagrados para, então, conquistarem o que chamavam de Terra Santa.

Esse período é uma ocasião para reflexão a cerca da paixão, morte e ressureição do Salvador e também um importante momento para falarmos da obediência que é necessária em uma vida com santidade, pois todo o caminho que Ele percorreu foi por obediência a Deus, o Pai Celestial.

O caminho que Jesus percorreu é formado por 14 estações. Cada uma delas corresponde a um acontecimento e devoção especial da Paixão de Cristo. São elas:

1 – Cristo é condenado à morte;
2 – Jesus carrega a cruz aos ombros;
3 – Jesus cai pela primeira vez;
4 – Jesus encontra a sua Santíssima Mãe;
5 – Simão Cirineu ajuda Jesus a carrear a cruz;
6 – Verônica enxuga o rosto de Jesus;
7 – Jesus cai pela segunda vez;
8 – Jesus encontra as mulheres de Jerusalém;
9 – Jesus cai pela terceira vez;
10 – Jesus é despojado de suas vestes;
11 – Jesus é pregado na cruz;
12 – Jesus morre na cruz;
13 – Jesus é descido na cruz;
14 – Jesus é colocado no sepulcro.

Na Basílica Santuário de Nazaré, a Via Sacra começa dia 04 de março, sempre a partir das 15h.

Confira a programação:

Segundas-feiras: Movimento Sacerdotal Mariano;
Quartas-feiras: Confraria de Nazaré;
Sextas-feiras: Divina Misericórdia;
Domingos: Guarda de Nazaré.

Participe!

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA