loader image
Vigília celebra o nascimento do Menino Deus

Um dos momentos mais importantes e solenes para todos os cristãos é poder celebrar o nascimento do Menino Deus. O Natal chegou! E para marcar este momento especial, a Tradicional Vigília de Natal (Missa do Galo), na Basílica Santuário de Nazaré, na noite desta segunda-feira (24), reuniu centenas de fiéis que vieram festejar a chegada do Salvador. A celebração foi presidida pelo Reitor, Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, e concelebrada pelos Padres Barnabitas Giovanni Incampo e Antony Pondoc.

No início da Santa Missa, o Menino Jesus foi conduzido pelo presidente da celebração até a manjedoura, localizada no presbitério. Durante a homilia o sacerdote explicou que a segunda leitura relembra que nem tudo está pronto e acabado. Há muita coisa por fazer. “A salvação de todos ainda não se manifestou. Para que isso aconteça torna-se necessária a renovação completa da nossa vida, como a renúncia ao mal, ao egoísmo, à ganancia.. é necessária a honestidade. Hoje nasceu para vós o Salvador e os anjos não anunciam esta boa nova em Jerusalém, no centro do poder político e religiosos. Anunciam aos pastores. Gente pobre, sem poder, sem prestígio. Os pastores, portanto, representam os homens marginalizados e desamparados na sociedade de hoje e de todos os tempos. MJ se identificou com eles. Não podemos celebrar o natal com a consciência tranquila se neste tempo não estendemos as mãos para consolar e dar esperança e dar um pouco de alegria aos pobres e necessitados”, disse.

Ao final da celebração os anjos, representados por crianças, levaram a Imagem do Menino Jesus em uma pequena procissão para ser entronizado no presépio do Santuário. Em seguida, o Reitor da Basílica levou, outra Imagem do Menino Jesus, ao presépio localizado na Praça Santuário.

 

A Missa do Galo, assim é chamada na América Latina, pois segundo a tradição um galo teria cantado fortemente, à meia-noite anunciando a vinda do Messias, filho do Deus Vivo, Jesus Cristo.

Na Basílica de São Pedro, no Vaticano, Papa Francisco pediu que vivamos o Natal tendo Jesus no centro. O Santo padre também pediu a Maria que nos dê a graça de viver um Natal “extrovertido e não disperso: que no centro não esteja o nosso ‘eu’, mas o Tu de Jesus e o tu dos irmãos, especialmente daqueles que necessitam de ajuda”.

Texto: Andreia Teixeira e Yêda Sousa – ASCOM Basílica Santuário de Nazaré.

Fotos: Yêda Sousa

Faça a sua doação

Para a modernização dos equipamentos de transmisão da SANTA MISSA

Share This