Relíquia: cerimônia encerra período de peregrinações realizadas pelos Padres Barnabitas

Para encerrar a peregrinação do Crucifixo Missionário de Santo Antonio Maria Zaccaria no Pará, nesta quinta-feira (30), os Padres Barnabitas entregaram a relíquia de volta às Irmãs Angélicas, após a missa das 7h.

A missa foi concelebrada pelos sacerdotes Pe. Francisco Maria Cavalcante e Pe. Giovanni Maria Incampo, este ultimo que pediu em sua homilia que os fiéis não estranhassem o fato de ter uma representação de Jesus Crucificado sendo que, liturgicamente, é celebrado o Nascimento de Cristo, mas o momento em questão se deve por conta da peregrinação em comemoração ao jubileu de 100 anos da presença das Irmãs Angélicas no Brasil.

O sacerdote também relatou sobre a quem pertenceu o crucifixo: Santo Antônio Maria Zaccaria. “Hoje foi aproveitada a oportunidade de ter entre nós uma relíquia nobilíssima, que pertencia a Santo Antônio Maria Zaccaria, estamos falando de IV séculos e meio de história. Quando de médico tornou-se padre e missionário, para evangelizar o povo, usava esse crucifixo”, conta.

Além disso, com muito carinho, lembrou-se da história do fundador dos Barnabitas, Irmãs Angélicas e os leigos de São Paulo: “Santo Antonio entendeu bem o grande mistério de Jesus. Ele, jovem e médico, pensou muito bem de se fazer padre também para poder não só curar os corpos humanos pelas doenças mas poder curar, sobretudo, o espirito, o coração, a alma dos homens, encharcado de egoísmo, de ignorância”.

Durante os dias que o crucifixo esteve no Pará, passou por diversas comunidades que são compostas pelos Padres Barnabitas, sendo algumas delas:

– Basílica Santuário de Nazaré

– Capitão Poço, no Santuário dedicado a Santo Antonio Maria Zaccaria

– Bragança

– São Miguel do Guamá, na Igreja de São Miguel Arcanjo

– Comunidades Paroquiais: Santo Antonio Maria Zaccaria, Sagrada Família e Sagrado Coração de Jesus

– Benevides, no Seminário Mãe da Divina Providência

Ao final da celebração, na Sacristia da Basílica de Nazaré, a relíquia foi devolvida as Irmãs Angélicas que darão continuidade a peregrinação pelo Brasil.

Oração a Santo Antonio Maria Zaccaria

“Ó estupendo exemplar das belas virtudes, Santo Antonio Maria Zaccaria, que foste assim tão humilde ao recusar também governar a ordem Religiosa por TI fundada, igualmente com paciência e paz, inclusive com tanta alegria, suportastes as mais sombrias calúnias e as mais atrozes perseguições. Foste tão ardente no zelo de correr pelas vias públicas levando o Crucifixo, com o desejo de salvar as pessoas e “ganhar almas para Cristo Crucificado”. Por isso, suplicamos-Te que nos ajudes a que mereçamos nos inspirar, também, em fortes propósitos de obras virtuosas em santas. Amém!”

Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Santo Antonio Maria Zaccaria, rogai por nós!

Fotos e texto: Karol Coelho – Ascom Basílica Santuário de Nazaré